• Indi Coltro

Ratched a série de terror mais chique que você já viu.

Figurino e cenografia impecáveis, com todo o encanto da moda e decoração dos anos 40, e com uma paleta de cores focada, principalmente, em tons de verde.


A série de terror, baseada no filme ‘Um Estranho no Ninho’, é uma superprodução cheia de estilo e inspirações belíssimas dos anos 1940.


Mas não é apenas o roteiro da série que chama a atenção. O figurino e cenografia impecáveis, que capturam toda o encanto da moda e decoração dos anos 40, com uma paleta de cores focada, principalmente, em tons de verde.



Todo o figurino de Mildred Ratched foi inspirado nas coleções lançadas por Christian Dior nos anos 40. Sendo assim, a silhueta de cintura marcada do New Look de Dior predomina.


A personagem de Sarah Paulson aparece com vestidos alternando shapes em A (trapézio), H (tubinho) e Y (ombros mais largos).


Uma das roupas que mais chamam a atenção é o tailleur de crepe de lã mostarda escolhido por Mildred Ratched para uma entrevista de emprego com o diretor do Hospital Psiquiátrico de Santa Lucia. Inspirada no célebre bar suit de Dior, a peça tem cintura bem marcada e saia ampla e rodada.





Agora vamos falar da decor?


Diante de figurinos tão fabulosos, a cenografia da produção não poderia destoar. O hospital, amplo e requintado, é todo decorado no estilo art déco, com vasos, baús e cadeiras de tirar o fôlego de qualquer entusiasta de arte.





As paredes trazem estampas complexas, coloridas e sofisticadas, e cortinas pesadas e mobiliário clássico arrematam o visual.



A casa de Lenore Osgood

Este é o ambiente mais excêntrico e too much da série. Lenore Osgood é uma socialite interpretada por Sharon Stone, que passa a essência de sua personagem não apenas pelo figurino impecável e seu macaco de estimação, mas por todos os detalhes exóticos da sua residência.

O cenário é uma famosa casa Dawnridge, localizada em Beverly Hills, de 1949, que foi construída pelo designer Tony Duquette (1914-1999) e hoje é mantida pelo companheiro Hutton Wilkinson, também designer.


A decoração da casa deixa nítido que Duquette gostava de um estilo extravagante, mas ao mesmo tempo sofisticado. O ambiente maximalista é um verdadeiro teste de percepção dos detalhes e da visão já diferenciada que o design demonstrava na época.



A importância da iluminação:


Para fechar falamos dos tons de verde e vermelho, muito usados na série.

Usado inclusive na iluminação de cenas importantes, o verde foi uma cor bastante analisada pela equipe de design e cenografia da produção. A série acontece na década de 1940 (antecede o filme), quando a cor era muito utilizada na decoração, em azulejos, estofados e detalhes. Mas não foi escolhida apenas por isso, o verde transmite inquietude, sendo fundamental para uma série de suspense, não? Em muitas produções, a cor é aparece interrompendo uma cena de forma rápida e, esse flash colorido, traz a sensação de que algo amedrontador irá acontecer.

Outra cor bastante utilizada foi vermelho, que também transmite a energia de aflição e expectativa.


Ufa, falei bastante por aqui, mas confesso que amo ficar olhando essas imagens lindas da série.


Ratched é, indiscutivelmente, um deleite para olhos. Em contraste com o clima tenso e sombrio da história, o cenário e figurino criam uma atmosfera apaixonante. Com certeza se tornará a série de terror mais chique que você já viu!


E vocês? Gostam da série?


See you




10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Pinterest EZ House
  • Facebook EZ House
  • Instagram EZ House

Copyright © 2018 EZ STORE.

 Produtos e Dicas de Decoração e Moda

  • Facebook EZ Fashion
  • Instagram EZ Fashion